sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Minha própria minibiografia

Pois agora eu tenho uma:

"AUGUSTO PAIM é tradutor e escritor. Nascido em Santa Maria, foi criado por lobos nas cercanias de Vale Vêneto até os dezesseis anos de idade, quando fugiu da matilha e, entrando por engano no campus da Universidade Federal de Santa Maria, acabou se formando em jornalismo. Por não ter espaço na mídia retrógrada daquela cidade, migrou para Porto Alegre, onde conseguiria uma vaga na Oficina de Criação Literária do prof. Assis Brasil por meio do uso da violência física. Denunciado para a polícia, teve que se refugiar na Alemanha, onde passou a perseguir quadrinhistas até obter informações suficientes para chantageá-los em troca dos direitos autorais de publicação de suas obras no Brasil. Faixa preta de Jiu-Jitsu, ameaçou quebrar esta editora caso não publicássemos sua biografia neste site."

Ehehehehe. Só o perfil que o Reuben escreveu sobre mim supera essa.

Ah, sim, a autoria da minha minibio é de um anônimo do século XIX.

3 comentários:

Carla Arend disse...

faltou mencionar que tu quebrou uma roxa com a cabeça, durante treinamento de guerra em itaara, ano 2006.

FRIZERO disse...

Virei um anônimo do século XIX...

Eliza disse...

Augusto!!Fiquei um tempo sem passar por aqui e hoje me esbanjei!!Depois de tudo que li só posso dizer que tenho muito orgulho de ser amiga e poder compartilhar momentos tão legais com tão digno jornalista. que saudades desses momentos.
Tudo de bom aí.
Beijos!